Webmail SGTI

LIDERE COMO UMA MULHER - Confira a Entrevista com Rozi Miranda, coordenadora de T.I. da Rede Verbita de Educação

A gente não poderia deixar esta data passar em branco. Apesar das inúmeras e diferentes percepções a respeito da comemoração do Dia Internacional da Mulher nos dias de hoje, exaltamos a importância histórica da existência deste dia, que reconhece as conquistas sociais, políticas e culturais das mulheres na sociedade e contribui para a ampliação dos debates e movimentos em direção à igualdade de direitos.
 
A nossa comemoração, no entanto, vai durar mais que um dia. Durante todo o mês de março, apresentaremos aqui algumas mulheres incríveis que fazem parte da equipe Rede Verbita de Educação e contaremos um pouco de suas histórias dentro do segmento educacional e experiências dentro do mercado de trabalho. A escolha destes nomes foi feita de forma aleatória, considerando também a abertura e disponibilidade das entrevistadas dentro do nosso cronograma para as postagens.
 
Dando sequência à nossa série, apresentamos a RoziMiranda, Coordenadora de T.I da Rede Verbita de Educação.
 
Rozi, estamos muito felizes pela oportunidade de saber mais sobre a sua história. Agradecemos por ter aceitado o nosso convite para participar da nossa série de entrevistas. Como você começou a trabalhar com T.I.?
Sempre gostei de tecnologia e quis começar a trabalhar jovem. Vi no Ensino Médio profissionalizante uma grande oportunidade para realizar meu sonho, minha principal incentivadora foi minha mãe.
 
Há quantos anos trabalha nesta área?
Em torno de 30 anos.
 
Especialmente no segmento da Educação, há quantos anos?
​Minha experiência sempre foi na área da educação. Inclusive, licenciei em Física e outros cursos técnicos na área de eletrônica, o que me proporcionou o aprofundamento no ramo das atividades de instituições de ensino.
 
Você acredita que, nesta área de TI, existe um equilíbrio entre as posições ocupadas por homens e por mulheres?
​Infelizmente não. A área de TI segue como uma área predominantemente masculina, apesar de termos muitas mulheres altamente capacitadas para exercer as atividades. O que vemos hoje ainda é um reflexo do passado. Diante disso, pode-se entender o motivo pelo qual os cursos de tecnologia ainda são pouco atrativos para o público feminino.
 
Você teve alguma inspiração relevante ao iniciar a sua carreira  na área de TI? Se sua inspiração não for uma mulher, poderia nos citar uma referência feminina que acredita desempenhar bem o papel de gestora neste segmento?
​Em meu meio não tenho uma referência feminina exatamente. Mas destaco, não como gestora, uma mulher que se destacou significativamente na área, que é a Condessa de Lovelace, chamadas Augusta Ada King. Ela fez um trabalho que é considerado o primeiro algorítmo criado na história da computação, em 1843. Nesta écpoca, Ada traduzia textos do matemático Luigi Menabrea, e o trabalho era ligado à metodologia de cálculo de uma das sequências de números racionais de Bernoulli. Ela foi considerada a primeira programadora de computadores da história. 
Obviamente existiram milhares de mulheres que contribuíram de maneira ímpar no setor de tecnologia, como Mary Kenneth Keller, primeira mulher da História a conseguir um doutorado em Ciências da Computação, Grace Hopper, uma das pessoas criadoras da linguagem COBOL, entre outras. Só temos a agradecer a generosa contribuição de cada uma.
 
Quais conselhos você daria para mulheres que estão iniciando a carreira na área da Tecnologia de Informação?
Sejam firmes, estudiosas, sempre atualizadas, trabalhem com amor, dedicação, discrição, sejam empáticas e coloquem em tudo que fizerem a seriedade que a atividade exige.
 
E para as empresas, que conselho daria para que possam, de alguma forma, contribuir para um mercado com oportunidades iguais nesta área?
Diria para que as contratações não fossem baseadas no gênero. As competências, experiências e seriedade precisam falar mais alto.
 
Rozi Miranda é Técnica em processamento de dados, Licenciada em física e Especialista em informática pela UFMG e CEFET-MG. 

veja OUTROS ACHADOS

SVD ESDEVA

Rua: Timbiras, 519 - Funcionários,
Belo Horizonte/MG | CEP: 30140-060

ver no google maps
AM4